Formação

“Vamos procurar entrar com o pé direito”

A equipa de Juniores do Varzim, estreia-se, este Sábado, dia 17 de Agosto, no Campeonato da 1.ª Divisão Nacional com uma deslocação a Aveiro, onde vai defrontar o Beira-Mar.
Depois de uma pré-época bem sucedida, o treinador António Carlos Rodrigues mostra-se confiante no grupo de trabalho que tem em mãos e, apesar de colocar em primeiro lugar a missão do Clube de formar e de fazer crescer jogadores, não põe de lado as ambições desportivas da sua equipa.

– Que balanço faz da pré-época?
A pré-época correu bem, dentro daquilo que esperávamos. Procuramos dar o nosso cunho pessoal na preparação da equipa, coisa que, no ano passado, não tivemos oportunidade de fazer. Os jogadores que chegaram de novo ao grupo foram muito bem recebidos e a adaptação foi fácil, o que se reflectiu no trabalho diário. Neste ponto temos que valorizar o trabalho dos capitães de equipa.

– O escalão de Juniores realizou um estágio no Centro de Tropas e Operações Especiais (“Rangers”), em Lamego, uma iniciativa inédita na história da Formação do Varzim. Os objectivos que tinha, em mente, para este estágio foram atingidos? E quais eram eles ?
Relativamente ao estágio que efectuámos, em Lamego, vem no seguimento do que disse atrás, ou seja, o objectivo era procurar unir o grupo e criar entre eles laços de amizade, entreajuda e espírito de sacrifício, pois a época é longa e, só quem está disposto a sofrer, estará preparado para vencer. Penso que neste momento existe, mais do que nunca, um lema no balneário: “um por todos e todos por um”.
Sem esquecer a forma árdua como foram postos à prova fisicamente, aproveito, mais uma vez, para agradecer ao CTOE de Lamego que foram fantásticos na forma como nos receberam e nos incutiram todos estes valores.

– O que nos pode dizer sobre o plantel dos Juniores do Varzim para a nova temporada?
Relativamente ao plantel de que disponho e, sem querer fazer comparações com a equipa do ano passado, posso apenas dizer que estamos mais equilibrados.

– Quais são as expectativas e os objectivos para a participação do Varzim no campeonato da 1.ª divisão nacional de juniores?
Existe qualidade o que nos faz acreditar que podemos ser ambiciosos desportivamente, embora neste momento seja ainda muito prematuro fazer este tipo de avaliação, pois não dispomos de informações dos nossos adversários. Como sempre foi dito, o principal objectivo da formação do Varzim S.C. é formar e fazer crescer os atletas, quer desportivamente, quer humanamente, para que possam a curto prazo poder servir o plantel sénior. Se, a juntar a isso, conseguirmos títulos colectivos, melhor.

– O Varzim estreia-se com uma deslocação ao Beira Mar, o que podemos esperar deste jogo?
Pouco ou nada sabemos do Beira-Mar a não ser que subiu esta época. Acredito que vão estar motivados pela excelente campanha que realizaram na época transacta que culminou com essa subida de divisão. Mas nós temos, em cima de nós, a responsabilidade de já sabermos o que é esta divisão. Vamos procurar entrar com o pé direito e trazer os três pontos para a Póvoa. Temos algumas baixas, mas quem entrar vai querer dar o melhor e certamente, com humildade e com muito querer, vamos ser felizes.

 – Que mensagem pretende dirigir aos adeptos do Varzim?
A mensagem que deixo é a de que não existe Varzim A, B, Juniores, Juvenis ou Iniciados, etc… Existe apenas um Varzim, e este é um clube histórico de Portugal que, neste momento, está a recuperar a alma e a raça que tão bem o caracterizou no passado. Reparem na forma tranquila como toda a pré-época tem sido preparada, sem sobressaltos! Agora, gostaria que todos os adeptos se unissem em prol do Varzim e lhe devolvessem o orgulho e vida que só pode ser dado com o apoio de todos.

Comentários

The Latest

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Todos os Direitos Reservados © 2014 - Desenvolvido por Miguel Moleiro

Topo