Seniores

Resultado enganador

Foi um Varzim moralizado por um ciclo de oito jogos sem perder no campeonato que recebeu, este sábado, o líder, Farense, igualmente animado, não só pela posição que ocupa na tabela classificativa, mas também por estar a viver a melhor fase da época, vindo de quatro vitórias consecutivas na liga.

Em jogo antecipado da jornada quatorze, as duas equipas defrontaram-se num ambiente empolgante, de grande competitividade mas que acabou marcado pelo descontentamento dos nossos Lobos do Mar perante a acção da equipa de arbitragem ao longo dos 90 minutos.

Era de esperar que o Farense viesse à Póvoa para consolidar a liderança e o resultado até pode levar a pensar que o conseguiu de forma fácil, mas quem assistiu ao jogo, quer no estádio, quer via streaming, sabe que a história desta partida não está reflectida nos números do desfecho.

É certo que, à meia hora de jogo, a equipa algarvia já se encontrava a vencer por 0-2, fruto de uma entrada pouco intimidatória do Varzim. Mas os motivos para a insatisfação dos poveiros começam já neste período do encontro. Aos 23 minutos, Ryan Gauld abriu o activo na recarga a um primeiro remate de Fabrício Simões mas, logo depois, ficou por assinalar um penalti a favor do Varzim, por mão na bola e que poderia dar o empate (30′).

Indiferente, a turma de Faro, ampliou a vantagem, três minutos depois, com um golo que nasce de uma disputa de bola no meio campo em que Pedro Ferreira fica lesionado, tendo acabado por abandonar o jogo, e Fábio Nunes prosseguiu com a bola nos pés até à área, onde rematou para o fundo das redes (0-2).

Um golpe frio nas hostes alvinegras e que despoletou uma reacção. Aos 38 minutos, o Varzim volta a reclamar penalti, num derrube de George Ofosu, mas o árbitro voltou a entender que não havia motivos para o castigo máximo.

Dos pés do protagonista habitual, Leo Ruiz, saiu o “grito de revolta” da nossa equipa. João Amorim, na direita, cruzou para o coração da área e o avançado colombiano, fuzilou Hugo Marques, relançando o Varzim no jogo (1-2).

Mas a alegria durou pouco. Sem só, nem Piedade, Irobiso junto à pequena área, recebeu a bola, após passe na esquerda, rodou e rematou para o 1-3, já em cima do intervalo.

Na segunda parte, o treinador Paulo Alves fez as duas substituições, no período inicial. Stanley rendeu Lumeka (55′) e Frédéric Maciel, Rui Moreira (68′).

A verdade é que, nesta segunda metade, só deu Varzim no jogo. Os nossos Lobos do Mar tiveram várias oportunidades para marcar, duas das mais perigosas, pertencentes ao nosso avançado nigeriano, Stanley Eijike, mas faltou eficácia à nossa equipa no capítulo da finalização.

Texto | Sílvia Nunes
Fotografia |José Alberto Nogueira

Ver Ficha de Jogo ⇓

 

 

Resultado enganador
Comentários

The Latest

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Todos os Direitos Reservados © 2014 - Desenvolvido por Miguel Moleiro

Topo