Equipa Principal

” Há dias que corre tudo mal “

O Varzim perde em Oliveira de Azeméis.

A equipa sénior já não vence o UD Oliveirense desde 2011. Uma derrota pesada por 4-0, a contar para a 18ª Jornada da Ligapro.

Para quem esteve no Estádio e para quem assistiu ao jogo via streaming, nada fazia prever este resultado, quando nos minutos iniciais, víamos um Varzim seguro e a querer mandar no jogo, mas aos 8´ Tiago Cerveira comete “falta” dentro da área varzinista e Fabinho abre o marcador para a equipa da casa. Contudo, o Varzim obteve logo de seguida, uma excelente oportunidade para empatar a partida, após cruzamento de Cerveira, a bola a passar por toda gente á frente da baliza, mas ninguém encostou para golo.

O jogo torna-se difícil mas depois tudo fica pior … Chris é expulso num espaço de 12 minutos.
Primeiro amarelo, muito duvidoso, justificando-se só pelo o facto do árbitro não ter coragem de só mostrar o cartão amarelo ao jogador do Oliveirense, na sequência da queda de ambos, e como disse o nosso mister Paulo Alves na conferência de imprensa, o jogador do Varzim, nada fez para receber.
Logo depois, numa saída rápida de contra ataque da equipa da casa, Chris comete falta sobre um adversário e o árbitro dá ordem de expulsão.

A partir deste momento, a equipa alvi-negra nunca mais se encontrou em campo e Serginho estava a ser o homem do jogo, na primeira parte.

O treinador Paulo Alves, responde com Caetano por troca de Frédéric ao intervalo.

E no início da segunda metade, vimos novamente um Varzim com personalidade, vontade de fazer algo mais, a chegar à baliza adversária facilmente e a provocar sucessivas faltas, cartões amarelos a equipa do Oliveirense.
O futebol é cruel às vezes, e o Oliveirense numa jogada rápida ao primeiro toque, mata o jogo com o segundo golo aos 53´por intermédio mais uma vez de Fabinho.

Depois a história do jogo vai terminar com mais dois golos de Agdon aos 63´de penalti e 78´.

Por fim, para complicar as contas do próximo jogo, Tiago Cerveira aos 84´recebe o segundo amarelo e regressa ao balneário mais cedo.

” Levantar a cabeça, somos lobos do mar, somos Varzim… ” , palavras trocadas entre jogadores e adeptos no final do jogo, no sentido de colocar este jogo para trás das costas e pensar já no próximo para voltar às vitórias.

 

TEXTO JORGE MOREIRA | FOTOGRAFIA © JOSÉ ALBERTO NOGUEIRA

” Há dias que corre tudo mal “
Comentários

The Latest

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Todos os Direitos Reservados © 2014 - Desenvolvido por Miguel Moleiro

Topo