Seniores

Derrota injusta em Santo Tirso

Diante do terceiro classificado do campeonato e no reduto do mesmo, o Varzim não se deixou intimidar e assinou uma excelente exibição, na qual se realçou a garra e o empenho dos jogadores poveiros. A prestação dos Lobos do Mar merecia, no pior dos cenários, o empate, mas uma tarde infeliz da equipa de arbitragem nem isso permitiu.

Com uma entrada forte no jogo, a supremacia dos varzinistas cedo se fez notar no marcador. Aos cinco minutos, já os poveiros estavam à frente no resultado com um golo de Nelsinho, na conversão de uma grande penalidade que aconteceu fruto de uma intercepção da bola, com a mão, por um jogador do Tirsense, em zona proibida.
Surpreendidos com a atitude do seu adversário, os homens da casa tentaram a todo o custo impor-se na partida mas a primeira parte acabou por ser toda do Varzim que, ainda antes do intervalo, podia ter ampliado a vantagem num remate de Nelsinho que saiu a rasar o poste.

No início da 2ª parte, o treinador Octávio Moreira deparou-se com a primeira contrariedade no jogo ao ter que substituir Nani, por lesão.
O Tirsense, por seu turno, entrou determinado a recuperar o terreno perdido e, numa ou noutra ocasião, conseguiu causar calafrios junto à baliza alvinegra. A mais flagrante terá sido, aos 60 minutos, com um remate que Nélson Agra, junto ao poste, evitou que terminasse em golo.
E, numa altura em que a equipa de arbitragem começava a sobressair no jogo, devido à sua dualidade de critérios na avaliação dos lances, o Tirsense chegou ao empate com Tiba a aproveitar um ressalto e a rematar para o fundo das redes (65’).
Na reacção imediata, Capixaba não conseguiu tirar proveito de uma excelente oportunidade para fazer o 1-2.
Já na fase final do encontro, o Tirsense – determinado a não perder pontos no seu Estádio, conseguiu pressionar um pouco mais a defesa poveira, sem, contudo, levar a melhor na finalização.

Foi nos minutos de desconto que a turma da casa conseguiu os seus intentos num lance muito confuso na área poveira, com vários ressaltos e com o árbitro a fazer vista grossa a um domínio de bola com a mão do jogador do Tirsense. A ilegalidade gritante no lance, causou uma onda de protestos nos jogadores e no banco do Varzim. Nelsinho e o dirigente André Castro acabaram expulsos.

Os Lobos do Mar partem para a 8.ª jornada no 9.º lugar da classificação, com menos 7 pontos do que o líder, o Chaves, precisamente, o seu adversário, no próximo Domingo, dia 11 de Novembro.

Comentários

The Latest

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Todos os Direitos Reservados © 2014 - Desenvolvido por Miguel Moleiro

Topo