Seniores

Passividade custou caro

De um golo soberbo e uma primeira parte competitiva para um segundo tempo desolador que ditou uma derrota por 3-1. Conta-se em breves palavras mas a custo, a história do duelo do Varzim com o Famalicão, da sexta jornada da Ledman Ligapro.

Perante uma moldura humana invejável a clubes de primeira liga e num contexto de rivalidade entre gentes que se conhecem bem, os Lobos do Mar tiveram um início de jogo empolgante com um golo demonstrativo da arte que os nossos jogadores são capazes de criar quando a inspiração e o empenho são totais. Aos 17 minutos, Rui Coentrão, endiabrado, rompeu pela ala esquerda, deixando para trás os adversários que o tentavam travar, e cruzou para o centro da área, onde Nelsinho – o tal a quem atribuíram a alcunha de Deus Poveiro, desviou com classe, mostrando como, às vezes, é tão simples fazer acontecer.

Na bancada os cerca de duzentos varzinistas fizeram a festa e mostraram o seu apoio incondicional à equipa.

Mas o ímpeto poveiro acabaria por ser travado a pouco tempo do intervalo. Aos 39 minutos, no primeiro descuido da defesa poveira, Jaime Poulson não perdoou e fez o empate.

Um golo que serviu para os homens de Famalicão se unirem e se reencontrarem na partida.

Ainda assim, a história poderia ter levado outro rumo se, aos 41 minutos, Rui Coentrão, à entrada da área, tivesse acertado o alvo.

O descanso veio para ajudar ambas as equipas mas foi a turma de Famalicão a beneficiar dos 15 minutos no balneário.

O Varzim apareceu na segunda parte irreconhecível, tomado por uma passividade que custou caro.

Aos 52 minutos, Feliz rematou de longe e colocou a equipa de Dito em vantagem e, aos 82’, Willian “matou” o jogo.

No final do encontro, o treinador João Eusébio reconheceu a falta de agressividade da sua equipa e, fez uso de uma expressão popular para justificar o desfecho: “Faltou agressividade aos nossos jogadores”.

Ver Ficha de Jogo AQUI.

Clique para comentar

Últimas Noticias

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Todos os Direitos Reservados © 2015 - Desenvolvido por Miguel Moleiro

Topo