História

Orgulho e Raça, Alma e Vida!…
…assim se contruiu toda a história do Varzim
O Varzim SC foi fundado em 25 de Dezembro de 1915, na altura com a denominação de Varzim Foot-Ball Club.
Em 25 de Março 1916, em Assembleia Geral, foi aprovada a designação de Varzim Sport Club.

Nesse mesmo ano, o Governo Civil do Porto aprovou os Estatutos do Clube e de imediato foi feito, pelos próprios jogadores, o primeiro campo de jogos, no Largo Cego do Maio (onde actualmente é o Passeio Alegre).

Ainda em 1916, foram escolhidos os equipamentos do Clube: camisolas pretas e calções brancos para o futebol, camisolas brancas com uma risca preta em diagonal sobre o peito para o remo, natação e basquetebol.

Foi também nesse ano de 1916 que o Varzim se filiou na Associação de Futebol do Porto.

Em 1918, o Varzim adoptou novo equipamento, que ainda hoje se mantém: camisolas pretas e brancas, às listas verticais, e calções pretos.
Na temporada de 1919/20, o Varzim conquistou o seu primeiro troféu – A Taça Eça de Queiroz.
Em 20 de Março de 1921 é editado o primeiro número de “A Póvoa Desportiva”, órgão oficial do Varzim Sport Club.

Na temporada 1926/27 o Varzim conquista o primeiro título oficial: Campeão Concelhio da Promoção.

Em 1929, o Clube é autorizado a contrair um empréstimo para a compra dos terrenos, onde actualmente se situa o Estádio – terrenos esses que só foram comprados em 1932. Até então, a equipa de futebol jogou num campo próximo do local onde agora se situa a Basílica do Sagrado Coração de Jesus.

Em 1937, a Câmara Municipal da Póvoa Varzim, com 22 anos de existência, atribuiu ao Varzim a Medalha de Prata do Reconhecimento Poveiro.

Em 1944 e após 4 anos de interregno na prática do futebol, o Varzim retoma a actividade, iniciando-se pela extinta Promoção da Associação de Futebol do Porto e percorrendo todos os Campeonatos do Futebol português, a nível regional e nacional, desde a 3ª Regional à I Divisão Nacional.

No ano seguinte, é construída a primeira bancada central no Estádio do Varzim.

Na temporada de 1946/47 conquista o 1º título distrital – Campeão da 2.ª Divisão da A.F. do Porto, proeza que viria a repetir na época de 1955/56.
Depois, o Varzim abandona de vez a 2.ª Divisão Distrital e, em três anos consecutivos, conquista o título de Campeão da 1.ª Divisão da Associação de Futebol do Porto, nas épocas de 1959/60, 1960/61 e 1961/62, mas só nesta última tem direito a abandonar os campeonatos distritais, já que, na mesma temporada, conquista, igualmente, o título de Campeão Nacional da 3.ª Divisão (campeonato que, nessa altura, era disputado pelos clubes melhores classificados nos Campeonatos Regionais).
Logo na época seguinte, o Varzim conquista o título de Campeão Nacional da 2.ª Divisão, subindo automaticamente à 1.ª Divisão, precisamente na mesma época em que participa pela primeira vez na Taça de Portugal (62/63). Já na 1.ª Divisão, o Estádio do Varzim passa por grandes transformações: em 1964 é construída a bancada superior, é feito o arrelvamento do terreno de jogo e construído o campo de treinos.

Em 12 de Janeiro de 1966, quando o Varzim comemorava as suas Bodas de Ouro, o Governo Atribuiu-lhe a Medalha de Bons Serviços Desportivos.
No ano seguinte, a 10 de Novembro, é nomeado Sócio Honorário da Associação de Futebol do Porto.

Em 6 de Maio de 1969 é instituído o Conselho Geral e, em 1973, é criado o Jornal “O Varzim”.

Na temporada de 1975/76, conquista o seu segundo título de Campeão Nacional da II Divisão, onde entretanto caíra.
Em 5 de Novembro de 1980, o Governo considera o Varzim como Clube de Utilidade Pública, concedendo-lhe o respectivo diploma.

Em 1982, é ampliado o topo norte do Estádio.

Em 1987, o Clube é dotado de novos Estatutos, Regulamento Interno e Lei Eleitoral: é criado o Conselho Varzinista: é criada a Comissão de Obras, que dá início à construção da bancada no topo sul e instituído o Troféu Lobo do Mar.

Por altura das comemorações das Bodas de Diamante, no jantar comemorativo, em 16 de Fevereiro de 1991, o Governo entrega ao Varzim a Medalha de Mérito Desportivo.

Na época de 1995/96, o Varzim conquista o título de Campeão Nacional da II Divisão B de Futebol, depois de ter garantida a subida à II Divisão de Honra.
Por ser considerado, com toda a justiça, o maior clube e o mais representativo da Póvoa de Varzim, a Câmara Municipal atribui-lhe o nome de uma rua a norte do seu Estádio, na Avenida Marginal.

Centenas de atletas movimentam o Varzim no futebol, quer a nível profissional (o de maior escala) quer nas camadas jovens, de que possui uma das melhores escolas do país. Para além dos títulos ganhos no futebol, o Varzim também os conquistou, a nível nacional e distrital, no Atletismo e no Voleibol.

Quis autem vel eum iure reprehenderit qui in ea voluptate velit esse quam nihil molestiae consequatur, vel illum qui dolorem?

Temporibus autem quibusdam et aut officiis debitis aut rerum necessitatibus saepe eveniet.

Todos os Direitos Reservados © 2015 - Desenvolvido por Miguel Moleiro

Topo